Você está em: Institucional > ABBC em Foco

ABBC em Foco



ABBC promove evento focado em desmistificar a tecnologia Blockchain
Data: 21/02/2018

 
A ABBC – Associação Brasileira de Bancos realizou no último dia 21 de fevereiro o evento Blockchain – Tecnologia disruptiva a serviço das instituições financeiras. Reunindo quatro grandes especialistas sobre o assunto, entre eles representantes do Banco Central, o tema foi amplamente apresentado para mais de 90 participantes das áreas de tecnologia e jurídico das instituições associadas e outras convidadas.
 
Por enxergar o novo horizonte que já vem revolucionando as operações financeiras no âmbito estrangeiro é que a ABBC propôs a realização do evento, voltado ao tratamento da tecnologia para as mais variadas aplicações no âmbito financeiro e estendendo a conversa acerca das vulnerabilidades e eventuais oportunidades do modelo.
 
A abertura do evento foi realizada pelo diretor executivo da ABBC, Cláudio Guimarães, e o encontro foi mediado por Carolina Gladyer Rabelo, gerente jurídica da ABBC e membro do Grupo da ISO/ABNT que visa normalizar o uso de blockchain no mundo.
 
Para conceituação do que é a tecnologia blockchain, abriu o evento Courtnay Guimaraes, um dos maiores especialistas em tecnologias disruptivas, atualmente focado em Quantum Computing, Inteligencia Artifical e Blockchains, e responsável pelo Laboratório de Sistemas Integráveis área da Universidade de São Paulo. Em sua apresentação contextualizou que cerca de 1800 tecnologias estão sendo estudadas e testadas no momento.
 
Edson Silva, presidente do Grupo Nexxera, falou sobre como a empresa está trabalhando com a tecnologia blockchain para tornar processos mais rentáveis, menos custosos e com menor risco. São fundadores do LinkLab, um laboratório de P&D, que vem desenvolvendo muitas pesquisas sobre a inovação disruptiva e aspectos de confiança, agilidade e registro imutável das informações.
 
Safiri Felix, um dos pioneiros do Bitcoin no Brasil e representante da ConsenSys, principal blockchain studio do mercado, falou sobre seu ingresso em 2013 no tema, como investidor da moeda virtual, e sua motivação a fundar uma empresa que ofertava serviços bancários básicos por meio do uso de bitcoins. Em 2016, ingressando na Consensys, começou a explorar a tecnologia como infraestrutura e pesquisar o poder das aplicações descentralizadas e usos além da indústria financeira.
 
A terceira palestrante, Rosine Kadamani, é cofundadora da Blockchain Academy, rede colaborativa de educação voltada à formação multidisciplinar focada em bitcoin, blockchain e outros temas correlatos. Advogada com 13 anos de experiência e especialista em Direito Bancário, contextualizou a quebra de paradigmas que o modelo traz, fazendo algumas provocações em relação ao mercado, e as vedações nacionais para o uso da tecnologia.
 
Para destacar a importância que o regulador dá ao tema que, como sabemos, poderá ser a base tecnológica do cotidiano futuro, Aristides Cavalcante, chefe-adjunto do Departamento de Tecnologia da Informação do Banco Central do Brasil, falou sobre a estratégia do BC sobre a tecnologia Distributed Ledger. Na área de TI do Banco Central há 19 anos, é responsável pelo desenvolvimento de novas plataformas e tem coordenado trabalhos de prospecção de Distributed Ledger Tecnology (DLT) e Computação Cognitiva. Aristides falou sobre as vulnerabilidades e oportunidades do uso da tecnologia, a legalidade do modelo para estruturação de processos em instituições financeiras e pontuou os desafios de seu trabalho desenvolvido no âmbito da tecnologia blockchain, principalmente, no que diz respeito à privacidade dos dados.
 
 
 
      
       
     
       
      
     

 

 

 


Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390