Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Termômetro do Crédito - Juros e inadimplência favorecem cenário

Ineditamente desde ago/16, a variação anual do saldo das operações de crédito foi positiva (0,1% a.a.). Porém, a lenta recuperação ainda reflete os entraves como a fragilidade financeira das empresas, agravada pelas dificuldades de geração de caixa, e as incertezas provocadas pelo elevado nível de desemprego. Os empréstimos para pessoas físicas (PF) apontam um melhor dinamismo, com um crescimento de 5,9% a.a, enquanto que para pessoas jurídicas (PJ), há decréscimo de 6,0% a.a.. Segmentando-se as linhas de crédito, a modalidade financiamento de veículos para PF confirmou a consistência da sua recuperação (7,6% a.a., ante uma queda de 8,0% a.a. em mar/17), enquanto não há alterações significativas no cenário das operações do BNDES (-12,9% a.a.).
 
O ritmo anual das concessões totais acumuladas em 12 meses mostrou em março uma desaceleração do crescimento de 5,8% a.a. em fev/18 para 5,5% a.a.. O desaquecimento decorre das modalidades para PF que reduziram sua expansão de 10,3% a.a. em fev/18 para 9,3% a.a.. Porém, a média móvel trimestral dessazonalizada das concessões exibiu avanços na margem de 0,9% para PF e de 0,6% para PJ.
 
Em março, o Indicador de Custo do Crédito (ICC), que representa a rentabilidade das instituições financeiras, foi 21,5% a.a., com queda de 1,3 p.p. em 12 meses. Como a taxa de captação reduziu-se em 1,0% p.p. em 12 meses, o spread do ICC reduziu-se nesse período em 0,3 p.p. para 14,4% a.a.. Na mesma base comparativa, o spread médio das concessões configurou uma queda de 3,8 p.p. para 20,0% a.a.. Finalmente, a inadimplência média das operações do SFN situou-se em 3,3%, registrando recuos de 0,6 p.p. em relação a mar/17.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.

Endereço:
Av. Paulista, 1.842 - 15º andar - conj. 156
Edifício Cetenco Plaza - Torre Norte Cerqueira César - CEP: 01310-923
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390