Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Comportamento Semanal de Mercado - 06 a 13 de outubro de 2017

Inflação nos EUA afeta o dólar
 
Diante dos sinais de que a inflação nos EUA permanece abaixo da meta perseguida pelo Fed, o dólar se depreciou globalmente em razão da menor probabilidade de que ocorra uma postura mais dura de política monetária. Assim, em relação ao real, a divisa encerrou cotada em R$ 3,14, com uma queda de 0,32%. O mercado de juros brasileiro acompanhou esse movimento, com o swap DI pré fixado de 360 dias encerrando em 7,11% (-0,06 p.p.) e a taxa de juros real ex-ante ficando em 2,99% a.a. (-0,05 p.p.) – o menor patamar desde junho de 2013. Os dados de desempenho do comércio em agosto, divulgados na PMC, mostraram uma queda de 0,5% para o varejo restrito e uma leve alta de 0,1% para o ampliado. Este último foi puxado pelo aumento de 2,8% nas vendas de veículos. A inflação medida pelo IGP-DI acelerou ao apresentar um avanço de 0,6% na margem, entretanto acumula uma queda de 2,0% no ano. O resultado do mês foi consequência do aumento de 1,0% para o índice de preços ao produto amplo (IPA), em razão da alta marginal nos preços dos bens intermediários (1,4%). Por fim, o FMI revisou as suas perspectivas para o desempenho econômico global. No que tange ao Brasil, agora são esperados avanços de 0,7% para 2017 e de 1,5% para 2018, com aumentos de 0,04 p.p. e de 0,02 p.p. em relação às estimativas anteriores, respectivamente.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.

Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390