Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Risco de Conduta e Políticas de Relacionamento

Como desdobramento da Grande Crise Financeira, houve o aperfeiçoamento das abordagens utilizadas na supervisão da conduta das instituições financeiras, com a valorização do Modelo “Twin Peaks”. A segregação das ações referentes aos aspectos prudenciais daqueles relativos à conduta de negócios se traduziu em um importante progresso no tratamento de temas relativos ao compliance, motivando o aperfeiçoamento das políticas de relacionamento com os clientes, a prática de condutas de mercado mais responsáveis e o fortalecimento dos mecanismos de governança corporativa.
 
Esses aspectos remetem à gestão do risco de conduta pelas instituições financeiras, o qual está associado à forma como as mesmas e os seus respectivos colaboradores se comportam e atuam, abrangendo o modo como os clientes e os investidores são atendidos, eventuais vendas abusivas de produtos e serviços financeiros, infrações de normas e manipulação dos mercados. É tamanha a relevância desse tipo de risco que o Financial Stability Board lançou em 2015 um plano de medidas para reduzir o risco de conduta, que dentre os seus objetivos estão a elaboração de orientações e recomendações de melhores práticas, o aprimoramento do monitoramento e a revisão dos padrões de referência.
 
Em consonância com o movimento internacional, o CMN aprovou a Resolução nº 4.539/2016 que determina que as instituições financeiras definam, implementem e façam a gestão de uma política de conduta organizacional. Entrando em vigor em novembro de 2017, o normativo tem como objetivo, consolidar as diretrizes, os objetivos estratégicos e os valores organizacionais em torno da figura de um diretor responsável, além de assegurar a legitimidade e a conformidade dos produtos oferecidos aos clientes e da atuação da instituição.
 
A regulação desse tipo de risco deve ajudar na promoção de um equilíbrio competitivo e saudável entre os participantes do sistema financeiro. A elaboração e o desenvolvimento de uma política para a gestão do risco de conduta deve ser um ponto essencial na agenda das instituições financeiras, porém sempre atentando para a devida adequação das estruturas organizacionais e de governança e dos potenciais custos de observância ao porte e perfil de risco das instituições financeiras.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.

Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390